Dicas XVIII CBNR 2019

Print Friendly, PDF & Email

Dicas XVIII CBNR 2019
(atualizado em 08/jun/2019)

1-Radioamador Classe C não pode escolher a categoria SOSB HP,  por que a legislação não permite potência superior a 100W;

2 – O certificado digital será disponibilizado de acordo com o o nome e o indicativo constante do log cabrillo, inclusive dos operadores de estações multioperadores;
Dica para editar e acrescentar os indicativos e nomes no log:

(Linha criada pelo programa gerador do cabrilo)
OPERATORS: PU5CHD PU5DDE

(Acrescente as linhas abaixo, editando o cabrillo)
OPERADORES: PU5CHD Thiago Deschamps
OPERADORES: PU5DDE Roberto Deschamps

3 – Ajuste o horário do seu PC, a divergência máxima aceitável no registro do QSO é de 5 minutos. Antes de enviar seu log, edite o cabrillo no editor de texto (tipo bloco de notas) e veja se está tudo ok, principalmente o exchange enviado e recebido;
OBS: Atenção especial com a QRG, pra quem não usa cabo CAT.

4 – Se for apresentar alguma denúncia ou recurso, junte algum arquivo como prova, áudio ou print da tela e faça-o dentro do prazo;

5 – Na escolha da categoria, se você é radioamador Classe C, avalie bem suas chances se decidir escolher SOAB (Single Operator All Band). Em SOAB, voce poderá estar concorrendo com radioamadores Classe A e Classe B, que têm mais bandas para operar, portanto, mais chances. Neste caso, talvez, escolher SOSB (Single Operator Single Band) 10m ou 80m, pode ser mais vantajoso pra você, mas a escolha é sua. Isso não significa que o radioamador classe A, não possa escolher também a categoria SOSB (Single Operator Single Band);

6 – É permitido operar nos dois modos e optar competir em apenas um modo. Será considerado a indicação no cabeçalho do log cabrillo. É necessário o envio do log completo.

7 – O programa apurador, não “pontua” seu QSO, se houver divergência, principalmente de QTR, QRG, Exchange e indicativo recebidos;

8-Se você recebeu um exchange e acha que o colega passou por engano, se não houver correção por parte dele, mesmo posteriormente, não altere seu log;

9- Algumas alterações no regulamento do CBNR 2019, já estão decididas, entre elas, podemos citar, a classificação da YL brasileira, por classe;

10-Não delete QSO duplicado;

11 -O log apresentado deve ser compatível com as classes dos operadores. Voce não pode, por exemplo, mandar um log com QSO em 20m e na relação dos operadores não há nenhum classe A;

12 – O(A) Radioamador(a) Militar, não é obrigado(a) competir na Categoria Militar Individual, a radioamadora não é obrigada a competir como YL. Em escolhendo outra categoria, o exchange enviado deve ser relativo a categoria escolhida;

13 – O clube utilizando indicativo oficialmente registrado na ANATEL, só pode competir nas categorias Grupos – Clubes, Associações e Multi-Operadores e MULTI OP MIL mesmo tendo apenas um operador;

14- Na operação Multi-Op, é permitido a utilização de estação caçadora, porém apenas um transmissor no ar por vez.

15 – A estação em unidade militar, (MULTI OP MIL) pode possuir apenas um operador e pode ser um civil;

16 – Para todas as categorias: O log apresentado deve ser compatível com as classes dos operadores. É vedada a operação (para pontuar) de pessoas não portadoras de COER, assim como de portadores de COER em QRG não autorizada a sua classe;

17 – LOG recebido após o prazo, inclusive correções, não será considerado;

18- A utilização de exchange diferente do previsto na categoria utilizada, pode inviabilizar a reclassificação de categoria e a apuração do log.
Exemplo: Os exchanges YL, QRP, MIL, são exclusivos das categorias YL, QRP e Militares.

19 – Estação Diretora (PY1BJN) QSO valerá 10 pontos e é Hors Concours.

20- É admitido que o radioamador possa corrigir seu Log recusado pelo sistema de apuração, durante a fase de recebimento de Logs;

21 – Violação das regras do concurso ou da legislação sobre radioamadorismo ou ainda conduta antidesportiva pode levar a uma ação desclassificação ou reclassificação para categoria check log;

22 – A partir de 2019, o CBNR, tornará público, todos os logs recebidos, com o objetivo de mostrar transparência do concurso, permitindo que os participantes estudem os registros para obter estratégias e técnicas melhores.

23 – Os check logs não serão divulgados. Esses registros são enviados para ajudar o comitê de competição e não terão a pontuação publicada nos resultados.

24 – Os logs divulgados, terão os campos Endereço e EMAIL removidos. Sempre que possível, tentamos encontrar endereços de e-mail no SOAPBOX e os removeremos, para proteger a privacidade dos participantes.

25 – Os logs publicados serão “utilizados” no processo de apuração do CBNR.

26 – Todos os registros estarão no formato Cabrillo. Você será capaz de lê-los usando qualquer editor de texto ou visualizador.

27– Os concorrentes nas categorias YL, QRP, MIL, devem preencher a linha LOCATION com a UF correspondente

28 – O nome do Clube indicado no log, deve ser EXATAMENTE igual ao nome constante da relação publicada no site do CBNR, sem acentuação ou qualquer outro caractere a mais. Se grafia do seu clube está incorreta, peça a correção.

29- Leia o regulamento, por favor.

Boa sorte
Organização do CBNR